top of page

Isabel, natural da Venezuela, chef em João Pessoa (PB)

Gastronomia

Isabel

Isabel era gerente em uma farmácia hospitalar na Venezuela, mas, em 2018, viu-se forçada a deixar a função. Sem emprego e passando fome, ela decidiu buscar proteção no Brasil, onde chegou em dezembro daquele ano.

Por cerca de cinco meses, Isabel viveu em um abrigo em Boa Vista, Roraima, sendo realocada voluntariamente para a cidade de Conde, na Paraíba, por meio da estratégia de interiorização.

Na nova cidade, ela se candidatou a diversas vagas de emprego e começou a atuar como faxineira, período em que conta ter sido vítima de xenofobia e sofrido de depressão. Mais tarde, diante das dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19, chegou a viver em situação de rua. Sem recursos, Isabel dependia de favores para se manter.

Foi neste momento de tanta dificuldade que ela decidiu se desenvolver financeiramente e abrir seu próprio negócio no Brasil. Assim, nasceu o Sazon Venezolano, espaço para venda de quitutes venezuelanos e brasileiros. O comércio fica na avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, e funciona o dia todo, com venda de coco, marmitas, asado negro (carne assada), pabellón criollo (versão venezuelana da combinação de arroz e feijão), além de empanadas, arepas (prato à base de milho), hallaca (iguaria natalina que consiste em um guisado envolto em uma massa com folhas de bananeira), entre outros.

“Em 2010, eu fiz um curso técnico de um ano de culinária venezuelana, quando ainda estava na Venezuela. Mas fiz por prazer, nunca pensei que iria viver disso”, comenta Isabel.

Mesmo que ainda esteja consolidando o negócio, Isabel já sabe exatamente aonde quer chegar: ela sonha em montar um restaurante que promova o intercâmbio culinário e de idiomas. Engajada com a comunidade, ela também começou uma rede de empreendedores venezuelanos na Paraíba, com foco na entrega de “serviço, amor e respeito ao brasileiro”.

“Eu estou neste país e quero que os brasileiros conheçam nossa história, nossa culinária, que aconteça um intercâmbio. Essa é a visão do meu negócio”, complementa.

(Texto incluído na plataforma em Outubro de 2022)


bottom of page