Leoandry e Yeniseth, naturais da Venezuela, artesãos em São Carlos

Artesanato

Leoandry e Yeniseth

A jornada da família de Leoandry e Yeniseth da Venezuela até São Carlos, no interior de São Paulo, durou dez dias. O casal veio para o Brasil com três filhas pequenas – na época com dois meses, dois anos e cinco anos de idade – motivado pelo agravamento da condição política e econômica em seu país. “No primeiro mês de vida da nossa caçula, ficamos cinco dias sem eletricidade na cidade onde vivíamos. Depois disso, vendemos tudo e fomos embora, pois não tinha mais jeito”, relembra Leoandry, que trabalhava em um banco como analista de crédito.

Mesmo na Venezuela, Leoandry e Yeniseth já eram empreendedores, e mantinham um negócio de venda de salgados, que atendia festas e eventos, além de contar com um local pequeno para vendas. Foi o talento para empreender que ofereceu uma alternativa à família enquanto Leoandry procurava emprego. “Busquei trabalho durante oito meses, mas nesse tempo, além de entregar currículos por toda a cidade, eu fazia pizzas em casa e vendia para fora”, conta ele, que hoje trabalha como encarregado de jardinagem.

Foi durante uma conversa com uma amiga, que Yeniseth teve o incentivo para abrir o empreendimento atual da família, chamado Personalizados Articor. “Uma amiga nossa que é venezuelana e também vive no Brasil disse que era um negócio rentável, e no momento estávamos justamente buscando uma renda extra. Fomos no banco, pedimos um empréstimo e compramos a primeira máquina”, conta ela.

A Personalizados Articor produz diversos itens como topos de bolo, arranjos com balões, etiquetas, copos, canecas e taças, tudo personalizado ao gosto do cliente. Desde outubro de 2020, quando iniciaram as atividades da empresa Yeniseth e Leoandry já ampliaram a clientela, vendendo produtos para clientes de Araraquara, Campinas e Curitiba. “Quando as pessoas começaram a conhecer o nosso trabalho e ver que era tudo caprichado, nosso nome começou a circular nas redes sociais”, conta Yeniseth.

Mesmo com a baixa nos eventos, a Articor vem conseguindo atender outros nichos como pequenas festas e datas comemorativas. Por operar online, a empresa também acaba oferecendo uma facilidade para os clientes diante do fechamento do comércio provocado pela pandemia da Covid-19 – os produtos Articor são vendidos pelo Instagram e pelo Facebook, e enviados para todo o Brasil. Enquanto Leoandry se divide entre os dois empregos, Yeniseth administra a empresa, cuida das filhas e retomou os estudos em Licenciatura em Química.

Para 2021, o casal pretende ampliar as atividades da empresa, e fazer um novo empréstimo para investir em um maquinário específico para estampar camisetas. Outro plano dos dois é revender os produtos no atacado, e alcançar ainda mais clientes em todo o Brasil.

(Texto incluído na plataforma em Junho de 2021)