Lilitza, natural da Venezuela, chef em Boa Vista

Gastronomia

Lilitza

Lilitza chegou ao Brasil em 2017, após deixar a Venezuela com sua família. Dois anos depois ela fundou o Arepas Reina Pepeada, um que nasceu da necessidade familiar de ter uma fonte de renda Brasil.

“Oferecemos um serviço de qualidade para satisfazer o paladar de nossos clientes, fornecendo também intercâmbio cultural. Adaptamos nossos produtos para os consumidores provarem a gastronomia venezuelana com o sabor brasileiro, uma proposta única e deliciosa”, afirma Lilitza, que é engenheira química de formação.

Suas vendas diminuíram drasticamente em razão do isolamento social, afetando a sustentabilidade do negócio. Como estratégia de resposta, Lilitza expandiu os canais e os meios de divulgação, passou a fazer delivery e promoções ocasionais. Mas para quem vive próximo à fronteira, há algumas dificuldades adicionais para manter a tradição.

“Como a fronteira está fechada, o preço da farinha de milho que vem da Venezuela aumentou aqui no Brasil, mas já estamos preparados para alternativas não menos deliciosas se o valor aumentar muito. Vamos nos manter ativos durante este período e quando a situação melhorar, vamos crescer e gerar novos empregos”, afirma a empreendedora.

(Texto produzido em Março de 2020)