Carlos, natural da Venezuela, padeiro no Rio de Janeiro

Gastronomia

Carlos

Foto: Melicia Nieves

O venezuelano Carlos chegou ao Brasil em 2019. Administrador de empresas de formação, Carlos teve que adaptar seu conhecimento para a nova realidade em processo marcado por desafios, como a chegada a um novo país e a quarentena que obrigou todos a ficarem em casa, e que acabou dificultando o processo de integração.

“Ao chegar aqui ao Brasil, país ao qual sou grato pela acolhida e oportunidades, não perdi tempo e já corri atrás de remodelar meus conhecimentos para arregaçar as mangas e trabalhar fazendo pães, algo que eu adoro e que aprendi a fazer com amor”, conta o padeiro.

Carlos se inscreveu em um curso de panificação e se especializou na produção artesanal, trabalhando com fermentação natural e biológica. E

“Ainda não tive a chance de abrir o meu próprio negócio, um antigo sonho do qual, sendo sonho, não desistirei. Mas também não posso abrir mão e esperar sentado”, conclui Carlos, que está começando nas redes sociais a oferecer as delícias tem produzido.

(Texto produzido em Março de 2020)