Gresliz, Lucia, Celeste e Bladmir, naturais da Venezuela, confeiteiros em Boa Vista

Gastronomia

Gresliz, Lucia, Celeste e Bladmir

Uma iniciativa que nasceu entre amigos. Assim surgiu a Migos Donuts. A ideia para o empreendimento veio depois que o casal Gresliz e Bladimir comentou com as amigas Lucia e Celeste sobre o quanto sentiam falta de encontrar o doce, bastante popular na Venezuela, na cidade de Boa Vista.

Diante de um nicho de mercado a explorar, os quatro empresários começaram a fazer uma série de testes para encontrar a massa ideal. Até desenvolver o primeiro produto, foram seis meses de muitas lembranças do país natal. “Nós só tínhamos a referência e a lembrança da Venezuela, mas não havia como provar o doce aqui. Fomos guiados pelas referências e sabores que tínhamos na memória”, lembra Gresliz.

Poucos meses depois da primeira venda, a Migos passou a funcionar em quiosque em um shopping de Boa Vista, mas o ponto foi fechado no início da pandemia do Covid-19. “Com a chegada da pandemia precisamos parar a produção para entender esse novo momento”, conta Bladimir, que se surpreendeu com a demanda pelos produtos ao retomar as atividades da Migos.

Atualmente, os produtos da Migos Donuts são vendidos por aplicativo, Whatsapp, site próprio e Instagram – além de uma pequena loja, que fica no mesmo lugar onde os donuts são produzidos. Junto com os empresários, outras duas pessoas se dedicam exclusivamente ao negócio.

O cardápio da Migos conta com donuts tradicionais, recheados e especiais. Os clientes também podem se deliciar com miguitos, que são bolinhos de donuts, e canollis. Para Gresliz, o segredo do sucesso está no produto sempre fresquinho. “Da Migos não sai um donut feito no dia anterior, tudo é feito no mesmo dia da venda”, explica. Os empresários começam 2021 cheios de planos, entre eles de revender os produtos em vários pontos de Boa Vista, e, quem sabe, ampliar os negócios para outras cidades da região.

(Texto produzido em Fevereiro de 2021)