Lavi, natural da RDCongo, artista e designer em São Paulo

Design e Arte

Lavi

Foto: Arquivo Pessoal

O mundo das artes em muitos casos reflete as dinâmicas sociais através do olhar do artista. Este diálogo entre a estética e a realidade é evidente na arte de Lavi, artista plástico que desenvolve uma série de projetos gráficos. O artista teve que deixar o seu país de origem, a República Democrática do Congo, antes mesmo de se formar em Artes Plásticas, em 2015, mas aqui no Brasil seu talento é notável nas redes sociais.

“Minha arte reflete as minhas raízes, é uma representação da cultura africana. Aproveito das minhas lembranças e do contexto diverso e de muitas cores da África para retratar através do meu olhar o cotidiano do povo africano, os desafios que enfrentamos, mas também nossas conquistas e valores”, diz o artista.

Lavi já expôs parte de seu trabalho em diversos espaços culturais e centros de arte em São Paulo. Porém, devido ao contexto de pandemia, estes espaços estão fechados e as redes sociais se tornaram o recinto preferido do artista para a divulgação de seus novos trabalhos. Aliás, as telas recém produzidas refletem justamente as imagens globalizadas de rostos com algo em comum: as máscaras de proteção.

“A chegada da epidemia impediu o contato mais direto do público com o ambiente das obras, mas meu atelier segue em contínua produção e adaptação pelo momento em que estamos passando. A grande dificuldade com este cenário é fazer as obras circularem e dialogarem com as diferentes pessoas que tenham interesse, mas as redes sociais podem amenizar essa distância”, afirma o artista que segue ativo, postando suas obras.
(Texto produzido em Março de 2020)