Lizeth e Hernan, naturais da Colômbia, chefs em São Paulo

Gastronomia

Lizeth e Hernan

Foto: Arquivo Pessoal

Hernan teve que deixar a Colômbia, seu país de origem, devido às ameaças e violência que afetavam não somente seus negócios, mas também impactavam diretamente a vida de sua família. Sua esposa, Lizeth, conta que o processo de saída do país de origem foi muito difícil, pois a família não esperava precisar deixar a Colômbia tão rápido e sem planejamento.

Logo ao chegar em São Paulo e com duas formações técnicas, em engenharia civil e gastronomia, Hernan optou por aquela que toca o seu coração para recomeçar a sua vida no país.

“Eu sempre gostei da gastronomia e tive a oportunidade de trabalhar neste segmento por onde passei: na Colômbia, no Equador e agora no Brasil. Aprendi na teoria e na prática como servir com qualidade nossos clientes, mantendo a tradição de quem somos e por onde passamos”, conta o chef.

Coube à Lizeth, jornalista de formação, cuidar de toda a parte estratégica do negócio da família, o Empanadas Cumarito. “Meu esposo se encarrega da produção, e eu ajudo na parte de lavar a louça”, conta ela, bem-humorada. Lizeth é responsável pela representação comercial do empreendimento, contato com fornecedores, propostas, networking e administração das redes sociais da Cumarito.

Diante dos desafios impostos pela Covid-19, o empreendimento repensou seu modelo de negócio. “Houve uma mudança no hábito do consumidor”, explica Lizeth, que conta que a maioria das vendas pré-pandemia era feita presencialmente. “Nossa adaptação para este momento foi utilizar mais as redes sociais como ferramenta e fazer diferentes preparos para quem já quiser consumir ou para assar mais tarde”, completa Hernan.

Mesmo assim, o período difícil nos negócios fez com que Hernan chegasse a aceitar outro emprego, como técnico em construções e edificações. Em outubro de 2020, depois de uma pausa de três meses e muitos pedidos dos clientes, o Empanadas Cumarito retomou às atividades. “A retomada foi muito melhor, porque com o dinheiro que Hernan conseguiu no outro trabalho, pudemos fazer investimentos no negócio”, explica Lizeth. Além de investir em uma plataforma para facilitar os pedidos online, o casal comprou uma máquina para embalar a vácuo as empanadas, que são vendidas pré-assadas.

Outra novidade foi a ampliação do cardápio, que ganhou sabores como portuguesa e camarão, além de opções veganas e vegetarianas. Atualmente, Hernan também está produzindo doces, estudando novas técnicas e se aperfeiçoando no ofício.

“As vendas não estão muito altas, mas estamos conseguindo manter o nosso produto no mercado, e assim as pessoas não esquecem”, revela Lizeth, sobre a estratégia atual. Para o futuro, o casal planeja um novo posicionamento da marca, sem perder a essência que fez com que a Cumarito se tornasse tão querida pelos clientes. “Vamos aos poucos, com o passo firme, sempre trazendo novidades e sem deixar de lado a qualidade”.


(Texto produzido em Março de 2020 e atualizado em Junho de 2021)