Luz, natural da Venezuela, costureira em Cosmópolis, SP

Moda

Luz

Luz, seu marido, Mario, e sua filha deixaram a Venezuela no final de 2019. Em seu país de origem, ela já trabalhava com costura e era dona de um atelier em Maracaibo. “Saímos de lá por causa da situação do país, que estava muito ruim. O abastecimento de energia elétrica não era constante e eu dependia disso para minhas máquinas funcionarem”, explica Luz, que chegou a trabalhar de madrugada para aproveitar os momentos em que o abastecimento de energia elétrica era constante e assim entregar as encomendas a tempo.

Ela conta que a situação na Venezuela chegou a prejudicar sua saúde mental. “Vivíamos muito estressados e ansiosos com a situação. Além disso eu praticamente não dormia, passava quase todas as noites com um papelão abanando minha filha pequena para que ela pudesse dormir bem mesmo no calor”, conta a empresária.

Para chegar ao Brasil, ela e o esposo – que trabalhava como vendedor externo de uma multinacional – venderam tudo o que tinham para arrecadar recursos para a viagem. No Brasil, eles foram morar em Piracibaba e, com o dinheiro que trouxeram da Venezuela, compraram duas máquinas de costura para retomar o empreendimento Design e Confecção Luzmario no Brasil. “Eu fiquei costurando e meu esposo ficou mandando currículos, pois para ele foi um pouco mais difícil de se recolocar profissionalmente”, relembra Luz.

Em Cosmópolis, onde a família vive atualmente, Luz alugou um ponto comercial em uma movimentada avenida da cidade. Ela segue trabalhando com pequenos reparos e confecção de peças, e conta que a maior parte da procura é por roupas femininas. Além disso, Luz produz colmeias organizadoras, aventais e máscaras de pano. A empresária conta com o apoio de amigos e clientes para ampliar o alcance do seu empreendimento. “O mais maravilhoso é que as pessoas recomendam outras para a nossa oficina, e assim temos desenvolvido nossa carteira de clientes”, explica a empresária, que segue rigorosamente os protocolos de prevenção e combate ao Covid-19 em seu empreendimento.

Pouco a pouco, Luz trabalha para abrir uma loja onde possa oferecer serviços e vender roupas de uma marca própria para o grande público. Seu plano é, em breve, tirar a Portugues-Español do papel e juntar o melhor da cultura brasileira e da venezuelana por meio de camisetas estampadas.

(Texto incluído na plataforma em Julho de 2021)