Muna Darweesh, natural da Síria, chef em São Paulo

Gastronomia

Muna Darweesh

Foto: Muna/divulgalção

Muna chegou ao Brasil em 2013, tendo deixado a Síria por conta da guerra. “Ainda que eu tenha saído da Síria sem trazer meus bens, carrego em mim as memórias e boas lembranças que fazem parte das receitas que se misturam com a minha história de vida”.

Formada em literatura inglesa, Muna chegou ao Brasil em 2013 junto com o marido e os quatro filhos pequenos para viver em São Paulo – um, inclusive, autista. “Meu marido era engenheiro naval, e eu, professora de inglês. Arregacei as mangas e tornei minha cozinha meu ambiente de trabalho. Comecei a vender doces na região central de São Paulo e logo ampliei o menu”.

Atualmente, Muna tem uma variedade de opções que envolve quibes, esfirras de diferentes recheios, falafel e charutos de folha de uva.

“Como amo cozinhar e os brasileiros adoram comida árabe autêntica, encontrei o que precisava para ajudar a sustentar minha família”.

Muna trabalhava sob encomenda para eventos e feiras, mas com a chegada da nova realidade em São Paulo, diante a epidemia da Covid-19, os eventos foram cancelados e atualmente a família toda depende da renda da Muna Cozinha Árabe para seu sustento.

“Como parte de nossa tradição, gosto de cozinhar para muitas pessoas, o que seria um jeito de reviver aqui no Brasil a nossa cultura da Síria”.

(Texto produzido em Março de 2020)