top of page

Reny, natural da Venezuela, chef em São Paulo

Gastronomia

Reny

Em meio à pandemia, em outubro de 2021, Reny e a esposa Rebeca desembarcaram em São Paulo. Como tinham familiares vivendo na capital paulista, os venezuelanos decidiram começar um novo capítulo de sua história, agora em solo brasileiro.

Formado em Ciências Políticas, Reny é um autodidata. Trabalhou como eletricista e atuou no ramo audiovisual, mas foi na gastronomia que encontrou sua vocação. Ele conta que alguns familiares fizeram curso na área de padaria e confeitaria e ele aprendeu algumas coisas ainda na Venezuela, onde já trabalhava em meio a pães, doces e salgados.

No Brasil, com os desafios de se inserir no mercado formal de trabalho, fundou o TequenhosMR. Como o próprio nome sugere, o empreendimento é focado principalmente no lanche típico venezuelano, o tequeño, espécie de palito de queijo envolto em uma massa frita. Mas Reny resolveu inovar e oferecer o petisco com recheios doces também, como chocolate e queijo com goiabada.

O empreendedor prepara as encomendas, feitas pelas redes sociais, e as entrega prontas para consumo ou congeladas. Também recebe pedidos para eventos. Dependendo do tamanho do pedido, entrega em toda a cidade de São Paulo ou em estações de metrô ou trem. Ele também produz pastéis, cannolis e outros quitutes.

“Eu gosto muito de ler e de aprender, então fui me especializando. A gente não tinha recursos para comprar os equipamentos necessários, mas pouco a pouco fomos nos organizando. Agora quero expandir ainda mais o negócio e ser conhecido em São Paulo”, planeja Reny.

(Texto incluído na plataforma em Abril de 2023)

bottom of page