Soda, natural do Senegal, estilista em São Paulo

Moda

Soda

Foto: Folhappress/Giovanni Bello

A senegalesa Soda, mais conhecida como “Mama” por toda sua trajetória de comércio no centro de São Paulo, chegou ao Brasil há 13 anos. O longo caminho até o Brasil não foi fácil, considerando que ela estava à frente para garantir a segurança de sua família.

“Deixamos nosso país pela dificuldade que enfrentamos para sobreviver, pela falta de perspectiva de um futuro que, aqui no Brasil, estou construindo pouco a pouco, ao longo de minha vida, sem deixar de lado minhas lembranças, costumes e tradições”, afirma a estilista.

Mama batalhou muito em São Paulo para que conseguisse ter sua loja própria, participando de diversas feiras e desfiles de moda para complementar sua renda. Atualmente, sua principal receita vem das vendas na loja física – que passou um período fechada por conta da pandemia. No estabelecimento são vendidos tecidos, roupas, turbantes, faixas, colares, entre outros produtos com tradicionais estampas africanas.

“Busco trabalhar de forma sustentável, aproveitando ao máximo todo o tecido na confecção de peças que tenham como marca o corte e o colorido africano. Tudo é feito sob medida, de acordo com o gosto do cliente. Mas com a situação atual, tenho contado com o apoio de meu filho para que os pedidos possam ser feitos pela internet. Novamente, sigo aprendendo com isso”, diz a talentosa profissional.

(Texto produzido em Março de 2020)